Arquivo da categoria: Vídeo

Campos de Cerrado na cidade de São Paulo

Padrão

Interessante matéria sobre os campos de cerrado na cidade de São Paulo:http://migre.me/lgVDI 

Anúncios

Filme: Cabra Marcado para Morrer

Padrão

Para entender um pouco sobre as bases da estrutura agrária nordestina e, em especial, a formação dos movimentos sociais de luta pelos direitos à terra. Mais detalhes em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Cabra_Marcado_para_Morrer

Filme:

 

 

A história das coisas – The story of stuff project

Padrão

Annie Leonard fundou esse projeto que é superbacana. Ela (e seus colaboradores) saem pelo mundo afora pesquisando os dilemas próprios do consumismo em suas diversas esferas e cria desenhos animados para web extremamente objetivos e irônicos. Vale a pena assistir todos os videozinhos do projeto que estão disponíveis em:http://storyofstuff.com/ e o principal em português em: http://www.storyofstuff.com/international/

Abaixo um dos vídeozinhos pra dar um tira gosto. A história da água engarrafada:

Trabalho infantil – Sul da Bahia – Sisal (Programa Caminhos e Parcerias)

Padrão

O Programa Caminhos e Parcerias passava na TV Cultura aos domingos à tarde no início dos anos 2000. É um dos programas mais “geográficos” da TV, demonstrava questões culturais, desigualdades sociais e parcerias para mitigar problemas locais e regionais no Brasil.

As 3 partes do programa “Trabalho Infantil”, abaixo, são tão contundentes e bem produzidas que ganharam o XXII Prêmio Vladimir Herzog, nas categorias Melhor Reportagem de TV e Melhor Imagem de TV. 2000, o Rubro Mercosur/Educación do Prêmio FUNDTV 2002 e também o Prêmio da Organización de Estados Iberoamericanos para o melhor programa entre os vencedores dos Rubros 2002.

Na minha opinião, a jornalista Neide Duarte é uma referencia nacional para difusão dos problemas e virtudes dessa terra. Tenho profunda admiração pelo seu trabalho e na época não perdia um programa. Hoje em dia é perceptível que suas reportagens da TV Globo são de temas diferenciados que demandam um olhar “especial” para a sociedade, é muito bom vê-la na ativa.

Assistam abaixo o que ocorria (ou talvez ocorra ainda) na região de Retirolandia, sul da Bahia, onde mulheres trabalham no corte da folha do sisal, ao redor os filhos, meninos e meninas, de 5 a 15 anos. Os maiores ajudam no corte, os menores carregam a folha cortada até o motor. Dura rotina.

Mais sobre o Caminhos e parcerias: http://www2.tvcultura.com.br/caminhos/index.htm

Mais sobre este programa: http://www2.tvcultura.com.br/caminhos/11sisal/sisal1.htm

Imagem

A Servidão Moderna

Padrão

Ótimo vídeo sobre o sistema vigente, vale muito a pena, sugiro assistir por partes para melhor entendimento:

A servidão moderna é uma escravidão voluntária onde não há o chicote, mas há o desejo do consumo. Não há cafezal ou fazenda, mas há o trabalho alienante do chão de fábrica, do escritório ou do shopping. Não há o senhor do escravo, porque contrariamente aos escravos da Antiguidade, aos servos da Idade Média e aos operários das primeiras revoluções industriais, estamos hoje frente a uma classe subserviente, só que não sabe, ou melhor, não quer saber. Esse documentário francês revela o que há de mais lamentável na sociedade moderna, a saber: a servidão voluntária que acontece a margem do entendimento e da consciência humana. Documentário, 2009, 52 min.; COR. Direção: Jean-François Brient e Victor León Fuentes