Arquivo mensal: fevereiro 2013

BAIXAR LIVRO: MODO DE PRODUÇÃO CAPITALISTA E AGRICULTURA – ARIOVALDO UMBELINO DE OLIVEIRA

Padrão

Caros alunos

O livro em pdf a seguir compreende do capítulo 1 ao 7 todo conteúdo do livro que proponho como bibliografia: https://dl.dropbox.com/u/312097/blog/modo_capitalista.pdf

De toda forma, se alguém quiser fazer um investimento para sua biblioteca geográfica, segue link para comprar num sebo (de R$ 8,00 a R$ 15,00): http://www.estantevirtual.com.br/q/modo-de-producao-capitalista-e-agricultura

A propósito, para quem quiser conhecer um pouco mais deste grande geógrafo brasileiro deixo o link de seu currículo lattes: http://lattes.cnpq.br/1796886641440781

 

 

Atlas do Trabalho Escravo no Brasil 2012

Padrão

Na mesma linha dos vídeos da Neide Duarte disponibilizo esse livro – super recente (2012) – em formato pdf para quem quiser se aprofundar no tema. É escrito por geógrafos professores da USP. Os mapas e a metodologia são um dos pontos altos deste estudo.

Acesso: https://dl.dropbox.com/u/312097/SERGIO/UNIESP/2012/Atlas-do-Trabalho-Escravo.pdf

Trabalho infantil – Sul da Bahia – Sisal (Programa Caminhos e Parcerias)

Padrão

O Programa Caminhos e Parcerias passava na TV Cultura aos domingos à tarde no início dos anos 2000. É um dos programas mais “geográficos” da TV, demonstrava questões culturais, desigualdades sociais e parcerias para mitigar problemas locais e regionais no Brasil.

As 3 partes do programa “Trabalho Infantil”, abaixo, são tão contundentes e bem produzidas que ganharam o XXII Prêmio Vladimir Herzog, nas categorias Melhor Reportagem de TV e Melhor Imagem de TV. 2000, o Rubro Mercosur/Educación do Prêmio FUNDTV 2002 e também o Prêmio da Organización de Estados Iberoamericanos para o melhor programa entre os vencedores dos Rubros 2002.

Na minha opinião, a jornalista Neide Duarte é uma referencia nacional para difusão dos problemas e virtudes dessa terra. Tenho profunda admiração pelo seu trabalho e na época não perdia um programa. Hoje em dia é perceptível que suas reportagens da TV Globo são de temas diferenciados que demandam um olhar “especial” para a sociedade, é muito bom vê-la na ativa.

Assistam abaixo o que ocorria (ou talvez ocorra ainda) na região de Retirolandia, sul da Bahia, onde mulheres trabalham no corte da folha do sisal, ao redor os filhos, meninos e meninas, de 5 a 15 anos. Os maiores ajudam no corte, os menores carregam a folha cortada até o motor. Dura rotina.

Mais sobre o Caminhos e parcerias: http://www2.tvcultura.com.br/caminhos/index.htm

Mais sobre este programa: http://www2.tvcultura.com.br/caminhos/11sisal/sisal1.htm

Imagem